27 de setembro

GDF - Administrações Regionais
17/05/21 às 10h06 - Atualizado em 17/05/21 às 10h06

UBS é entregue para 20 mil pessoas no Jardins Mangueiral

COMPARTILHAR

O primeiro equipamento público de saúde construído no Jardins Mangueiral foi inaugurado nesta sexta-feira (14). A Unidade Básica de Saúde (UBS) nº 1, localizada na Praça de Atividades 2, vai atender cerca de 20 mil pessoas. São 25 salas, entre consultórios, espaço para coleta, medicação, triagem e vacinação, com previsão de cinco equipes de Saúde da Família completas.

 

Cada grupo terá odontólogos, além de profissionais que atenderão crianças, gestantes, hipertensos e diabéticos. O investimento foi de R$ 2,9 milhões, inclusive de emendas parlamentares da deputada Júlia Lucy. Na obra, foram gerados dezenas oportunidades de emprego.

Durante a inauguração da UBS, o governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha, agradeceu aos órgãos do poder Executivo local e aos parlamentares presentes pelo trabalho integrado. “Fizeram um condomínio lindíssimo aqui, mas esqueceram que as pessoas precisam de infraestrutura, de saúde, de educação, de creche, de atenção”, disse ao destacar a importância da unidade de saúde para a comunidade local. “A UBS que está sendo entregue hoje era uma reivindicação muito antiga da comunidade. Tenho certeza que vai melhorar a qualidade de vida das pessoas”.

 

O governador lembrou ainda de uma série de obras de infraestrutura que estão sendo tocadas naquela região. “Estamos preparando dois viadutos para aliviar o trânsito e o sofrimento dessa população, além do asfaltamento da DF-140 – pista que estava abandonada”, destacou. “Somos um governo que faz entrega e melhora a vida da população.

Também vamos construir a feira do Jardim Botânico, muito esperado por todos os moradores da região. O projeto está pronto na Novacap [Companhia Urbanizadora da Nova Capital] e será licitado até o segundo semestre”, afirmou Ibaneis.

 

A secretária adjunta de Assistência à Saúde, Raquel Beviláqua, ressaltou o trabalho árduo para a entrega da UBS. “Essa é a trigésima segunda unidade de saúde da região Leste, que contempla Paranoá, São Sebastião, Jardim Botânico e Itapoã. É uma comunidade vulnerável e que precisava há algum tempo desse tipo de atenção especial voltada para saúde”, comentou.

 

Segundo o presidente da Novacap– responsável pela construção da obra – , Fernando Leite, lembrou que o governo se prepara para entregar mais cinco UBSs (confira abaixo). “Essa é a política da nossa gestão: levar equipamentos públicos para todo o Distrito Federal, especialmente para aquelas áreas que ainda não tem”, afirmou.

 

O presidente da Câmara Legislativa do DF (CLDF), Rafael Prudente, agradeceu ao governo local pela inauguração da unidade de saúde. “Um dos principais pedidos dos moradores era a construção de equipamentos públicos. O governador determinou a construção de mais quatro escolas. Também fazemos nossa parte destinando emendas parlamentares. É um esforço em conjunto”, reforçou.

 

Também participaram do evento o secretário José Humberto (Governo); os administradores Alan Valim (São Sebastião) e Antônio de Pádua (Jardim Botânico); os deputados distritais Jorge Viana, Daniel Donizete e Júlia Lucy e a deputada federal Celina Leão.

O atendimento começou logo após a inauguração da unidade de saúde. Dona Maria das Graças da Silva, 70 anos, não perdeu tempo e foi se vacinar contra a gripe. “Já estou imunizada contra a covid-19”, disse. “Minha vizinha me avisou e vim logo cedo. Dá pra vir a pé da minha casa. É prático e rápido, estávamos esperando por isso há muito tempo”, comemorou a aposentada.

 

Nas unidades básicas de saúde, são oferecidos desde exames, consultas e acompanhamentos médicos até a entrega de medicamentos, a troca de curativos e a aplicação de vacinas. O serviço serve também para desafogar a procura dos doentes pelos hospitais, já que trata de casos simples e preventivos, e faz a primeira abordagem de pacientes com sintomas de covid-19.

 

No DF, as UBSs funcionam de segunda a sexta-feira em horários diferentes, a depender das unidades, mas comumente em horário comercial. Esses espaços estão disponíveis para o público nas faixas das 7h às 17h, das 7h às 19h e das 7h às 22h – este último caso é chamado de horário estendido.

 

 

Mapa do site Dúvidas frequentes Comunicar erros