24 de maio

GDF - Administrações Regionais
Maria da Penha ONLINE Governo do Distrito Federal

álbum de fotos

A locomoção dos pedestres no Jardim Botânico ficará mais segura com a construção de 2 quilômetros de calçadas às margens da Estrada do Sol.

O trecho compreende entre o condomínio Ouro Vermelho II e bairro João Cândido. A obra está recebendo meios-fios e conta com pontos de acessibilidade além de fazer a ligação entre as paradas de ônibus.

A Avenida Dom Bosco, que fica entre a Estrada Parque Contorno e a Avenida do Sol, também está recendo calçamento, o trecho se estende até o condomínio Jardim Botânico VI.

Nesta etapa a região administrativa irá receber 3,5 km quilômetros lineares de calçadas.

A Administração Regional tem realizado vistorias e apontado áreas que necessitam da benfeitoria além de mapear as calçadas existentes que precisam de reforma.

A Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap) é a responsável pela execução da obra e existe a previsão para mais trechos na região.

A previsão de conclusão da pavimentação dos passeios é para o primeiro semestre de 2024.

A ação social tem como abjetivo a arrecadação de agasalhos, cobertores e demais itens de combate ao frio que serão entregues as pessoas em situação de vulnerabilidade social.

As doações de luvas, gorros, meias, cobertores, mantas e agasalhos podem ser entregues na sede da Administração Regional do Jardim Botânico.

Dúvidas 35506988 / ramal 2718

 

O Governo do Distrito Federal (GDF), por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes-DF), abriu edital de chamamento público para credenciamento de papelarias junto ao Programa Cartão Material Escolar (CME). A medida foi publicada na edição desta quinta-feira (11) do Diário Oficial do Distrito Federal (DODF). A Sedes ficará responsável pelo registro e prestação de contas de estabelecimentos que comercializam material escolar a partir do benefício socioassistencial.

As empresas interessadas deverão enviar toda a documentação exigida ao e-mail credenciamento.cme@sedes.df.gov.br até o dia 19/5. A lista completa de documentos, bem como os requisitos de participação, pode ser consultada aqui. A entrega também pode ocorrer presencialmente na sede da Secretaria de Desenvolvimento Social, localizada na quadra 515 da Asa Norte. Empresas já credenciadas com aprovação da prestação de contas no exercício anterior e que desejam participar deste chamamento público precisam apresentar as certidões informadas no edital.

Cartão Material Escolar

Sob a gestão e execução da Secretaria de Educação, o Cartão Material Escolar destina entre R$ 240 e R$ 320 a estudantes regularmente matriculados na rede pública de ensino do DF, cujos pais ou responsáveis sejam beneficiários do programa Bolsa Família. É importante manter o cadastro único atualizado pelo menos a cada 24 meses. Atendidos os requisitos, a inclusão no programa é automática. Portanto, não é necessário solicitá-lo.

Fotos: H. Carvalho

“A Secretaria de Educação confecciona e distribui os cartões magnéticos do benefício Cartão Material Escolar e disponibiliza, em conta definida com o BRB, os recursos financeiros necessários a serem creditados em cada cartão ou em outra tecnologia na função débito. O objetivo do programa é viabilizar a compra de material didático escolar das famílias em vulnerabilidade social, assim, os alunos da rede pública podem ter acesso a tudo o que precisam para o ano letivo”, afirma a secretária de Educação, Hélvia Paranaguá.

Para confirmar se está entre os novos beneficiários, a família deve consultar o portal GDF Social (gdfsocial.brb.com.br). Os contemplados ainda podem se informar sobre a localização da agência do BRB onde vão retirar os cartão magnético do CME. O auxílio é voltado exclusivamente para a compra de material escolar apenas em lojas credenciadas.

Credenciamento

Conforme portaria publicada em dezembro de 2023, a Sedes ficará responsável pelo credenciamento e prestação de contas dos estabelecimentos. A pasta instituiu uma comissão de cinco membros para avaliar documentos apresentados, considerando-os aptos ou inaptos. A lista das empresas habilitadas no programa vai ser divulgada no site da instituição.

“A boa gestão das empresas credenciadas não apenas facilita o processo de distribuição dos materiais escolares, mas também garante que cada estudante receba os itens corretos e de qualidade”, afirma a secretária de Desenvolvimento Social, Ana Paula Marra.

*Com informações da Sedes

Publicação Agência Brasília

Oportunidade para que a população possa expressar e compartilhar suas ideias para o desenvolvimento do Parque Vivencial do Jardim Botânico. Por meio desta consulta, será possível entender as necessidades e desejos da comunidade, garantindo que o Parque seja um espaço verdadeiramente inclusivo e adequado às expectativas.

Para participar basta acessar o link  https://forms.gle/aeaBdeZto8t3RHtH8 .

Arquivo Apresentação Parque Vivencial

A Sala do Empreendedor, na sede da administração regional, disponibiliza ao MEI o serviço gratuito de Declaração Anual de Faturamento – DASN. Em 2024, essa declaração pode ser enviada até dia 31 de maio e tem por objetivo informar o valor da Receita Bruta Total (vendas ou prestações de serviços) obtida no ano de 2023.  O Atendimento ao MEI ocorre de 09 às 12 e de 14 às 17h.

O Manual da Declaração Anual Simplificada para o Microempreendedor Individual – DASN-SIMEI pode ser consultado clique aqui.

O anúncio do Governo do Distrito Federal (GDF) da ampliação da faixa etária da vacina da dengue para 6 a 16 anos fez com que muitas famílias levassem os filhos para receber a primeira dose do imunizante. Anteriormente, a autorização era para o público de 10 a 14 anos.

“Todo mundo está com medo da dengue. Estava aguardando a liberação e vim logo”, conta a moradora da Asa Norte. Embora tenham medo de agulha, os filhos de Aline aguardavam a vez ansiosamente. “Dói, mas é bom tomar a vacina”, disse Oliver Alves.

Na mesma UBS, a pequena Luiza Soares, 8 anos, segurou bravamente o choro. “Foi bom. Doeu um pouco, mas consegui não chorar”, afirmou. A mãe da garotinha, a estatística Aretha Soares, 37 anos, moradora do Mangueiral, disse que se sente aliviada com a ampliação da vacinação a partir desta quinta-feira (18). “Caso pegue, pelo menos será mais brando”, disse, ao se referir aos sintomas da doença.

A vacinação foi aproveitada tanto pelo público com menos de 10 anos quanto para os que têm mais de 14 anos. O estudante Gabriel Enrique Sampaio Carneiro, 15 anos, morador do Sudoeste, garantiu que não sentiu nada ao tomar a vacina. “Fico mais tranquilo porque dizem que os sintomas são muito ruins”, conta.

Essas e outras famílias atenderam ao chamado do GDF feito logo pela manhã quando o governador Ibaneis Rocha e a secretária de Saúde, Lucilene Florêncio, anunciaram a chegada de mais 12 mil doses do imunizante contra a dengue. “Nossas UBSs têm a vacina Qdenga. Ontem, o DF recebeu mais 12 mil doses contra a dengue”, disse a secretária durante evento de lançamento da obra do Hospital do Recanto das Emas (HRE), onde fez o anúncio.

O DF foi uma das primeiras unidades da Federação a iniciar a vacinação e até o momento já aplicou mais de 54 mil doses da vacina.

Imunização

A Secretaria de Saúde segue a orientação do Ministério da Saúde para a imunização. Pais ou responsáveis devem apresentar documento de identidade e a caderneta de vacinação. Caso a criança ou adolescente tenha tido dengue, é necessário aguardar seis meses para iniciar o esquema vacinal. Se ocorrer no intervalo do esquema vacinal, deve-se aguardar 30 dias entre a infecção e a segunda dose.

Para informações sobre locais de vacinação, horários e demais orientações, basta acessar o site da SES Vacinação contra a dengue.

Por Ana Paula Siqueira, da Agência Brasília* | Edição: Saulo Moreno

A Administração Regional do Jardim Botânico torna público o cadastro de instituições esportivas interessadas em representar a Região Administrativa do Jardim Botânico na Copa Brasília de Futsal – 2024, evento promovido pelo Serviço Social do Comércio e pela TV Globo, com execução da área técnica do SESC/DF

As inscrições estarão abertas entre os dias 16 e 18 de abril de 2024 e deverão ser realizadas por meio do formulário eletrônico cujo link estará disponível no site da Administração Regional do Jardim Botânico:  https://www.admjardimbotanico.df.gov.br/ bem como na página oficial da rede social instagram:  https://www.instagram.com/admjardimbotanico/?hl=pt

As instituições interessadas em participar do cadastro devem enviar a seguinte documentação, por meio do sistema eletrônico/plataforma de inscrição supracitada, para formalizar sua inscrição:

            a) Portfólio de atuação na área esportiva do futsal.

            b) Documentos de identificação do proponente (CNPJ).

            c) Comprovante de residência do representante legal da Instituição.

            d) Outros documentos que o proponente julgar necessários para auxiliar na avaliação do mérito esportivo da Instituição.

            e) Ficha de inscrição na competição devidamente preenchida.

            f) O técnico da equipe deverá informar obrigatoriamente o número de registro no Conselho Regional de Educação Física (CREF) e anexar à ficha de inscrição uma cópia da carteira de identificação do CREF, conforme previsto no regulamento da competição.

Serão considerados motivos de não admissão:

            a) envio de proposta na plataforma de inscrição fora do prazo previsto;

            b) ausência dos documentos de identificação da instituição proponente ou do comprovante de residência.

As propostas não admitidas serão excluídas do certame sem análise de mérito e sem possibilidade de recurso.

A falsidade de informações apresentadas também enseja a desclassificação, além da possibilidade de responsabilização administrativa e criminal do proponente ou seus dirigentes.

REGULAMENTO – COPA BRASÍLIA DE FUTSAL 2024

FICHA DE INSCRIÇÃO

https://docs.google.com/forms/d/e/1FAIpQLSdZ3bj-xpAXWDdNBk9GEpT8rrDd7PYAgffcG54rKfUDv3lgJg/viewform?usp=sf_link

Edital Publicado

A Administração Regional do Jardim Botânico e o Conselho Regional de Cultura do Jardim Botânico convidam os interessados a participarem da seleção da lista tríplice para o cargo de Gerente de Cultura da Administração Regional.
 
São aptos a concorrerem os candidatos que comprovarem:
I  – notório saber artístico-cultural e conhecimentos técnico-administrativos;
II – ter, no mínimo, dois anos de atuação nas áreas artísticas e culturais
III – ser morador da Região Administrativa do Jardim Botânico;
IV – atuar na Região Administrativa do Jardim Botânico nas áreas artísticas e culturais.
As fichas de inscrição e os documentos que comprovam aptdão deverão ser entregues:
 
– Até o dia 24 de abril de 2019
– Pelo email: crcjardimbotanico2019@gmail.com
 
Para mais informações: 99166-1854 (Administração Regional) ou pelo email: crcjardimbotanico2019@gmail.com
 
 
 

Ficha de inscrição

CANDIDATURA PARA GERENTE DE CULTURA

Ficha de inscrição Ger. Cultura

Mapa do site Dúvidas frequentes